Querida Cricut

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Olá, pessoas!

Ontem fiquei muito feliz em ver que fui citada no blog de Claudinha, do Feito a Mão. Lá ela contou o bate-papo que tivemos sobre uma maquininha fabulosa que adquiri temporariamente da minha tia Fátima (valeu, tia!) chamada Cricut (oi?).

Para resumir, explico que trata-se de uma impressora para corte que ajuda as scrapers a desenvolverem projetos maravilhosos em scrapbook (trabalhos manuais com fotos, papeis decorados e tudo o mais que a imaginação mandar. Depois venho aqui contando a história dessa arte espetacular, tá?) Então, expliquei a ela como e onde comprar a Cricut (no caso, no site Amazon) e o que ela pode fazer. Para vocês terem uma ideia, quando comecei a usá-la e vi de fato tudo o que a máquina faz eu gritei tanto de alegria em casa - agradecendo a Deus inteligência e capacidade que Ele deu ao homem de criar coisas lindas - que Paulo e Samara se assustaram. Fiquei 3 dias só desenvolvendo projetos de scrap. A Cricut é show!

Pois bem, mas como o post que estava preparando sobre scrap ainda não está pronto e todos os projetos já estão encaixotados para a mudança, venho aqui mostrar as últimas "coisinhas" que eu e Samara fizemos para as tarefas da escola. Ela ama também trabalhar com papel (puxou a mãe!) e como eu disponho desses recursos de scrap, nada mais justo que usarmos para alguma coisa (nesse tempo de pouca criatividade. Huf!)

 Essa é a árvore genealógica da família, com os nomes de todos os parentes de 1° grau.
As folhas da árvore e as maçãs foram cortadas com a Cricut (perfeitas).

 Aqui dá pra ver melhor os cortes. Algumas bolas verdes ficaram maiores, outras menores.
Tudo se faz com a Cricut.

Acreditem! Foi a própria Samara que operou a Cricut na hora de escolher como cortá-la.
P.S.: minha filha tem 7 anos. 

 Aqui, um trabalho sobre o país de Gales (contexto de um clássico que ela está estudando).
Não foi com Cricut, tá? É só pra mostrar algo não encaixotado.

 Aqui é um trabalho sobre o alfabeto. Não ficou fofo? Pra cortar esses papeis no mesmo tamanho e bem rapidinho eu usei outra máquina. Depois venho falar dessas engenhosidades humanas fantásticas.

Agradeço à Claudinha pela citação e fico feliz de tê-la ajudado de alguma forma. Vou mostrar PAPs para scrap logo logo (deixa só eu me organizar de novo, tá?). Ah, e estou de olho na mais nova máquina da Cricut: a Imagine. Ela não só corta, como também imprime (só falta falar!). É só comprar os cartuchos específicos para cada tema e mandar ver. I love Cricut!

Veja aqui o vídeo oficial da Imagine.


Beijos.



4 comentários:

Vivian 27 de abril de 2011 13:01  

my god !! que luxo !! e custa muito caro essa aí? eu estou iniciando no scrap, faço apenas por lazer e não sei até que ponto gastar rios de dinheiro nessas coisas valeria a pena pra mim, mas vendo o vídeo fiquei fascinada por essa Imagine.
bjsssss

Vivian 27 de abril de 2011 13:02  

my god !! que luxo !! e custa muito caro essa aí? eu estou iniciando no scrap, faço apenas por lazer e não sei até que ponto gastar rios de dinheiro nessas coisas valeria a pena pra mim, mas vendo o vídeo fiquei fascinada por essa Imagine.
bjsssss

Adda Ritzel 27 de abril de 2011 22:44  

Oi, Vivian! Seja bem vinda aqui, flor!
Olhe, a Cricut está por volta de 80 dólares pelo site Amazon. Ela é maravilhosa e versátil, por isso mesmo dispensa o gasto com papeis de corte que compramos avulsos quando queremos fazer scrap. A Imagine então...
Posso te dar uma relação básica para começar no scrap, mas preciso saber qual o seu interesse. Manda um e-mail pra gente conversar!
condessadenane@gmail.com

Beijos.

Baú de Coisihas 2 de setembro de 2012 17:10  

Olá, Adda1
Eu vi o seu post sobre esta maquina e tenho uma duvida estou morando em Miami e como nao encontro os cachepos para brigadeiro sera que conseguiria com esta maquina?

Postar um comentário

Oiê!!! Que bom você ter aparecido. Sente pra tomar um cafezinho e aproveite pra deixar um recadinho pra mim. Gosto muito!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Back to TOP