Aniversário de 40 anos de Paulo

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Olá, pessoas! Hoje eu quero compartilhar ideias para um aniversário – nesse caso, o de 40 anos do meu cônjuge. Essa festa foi em setembro do ano passado e uns três meses antes comecei a pesquisar no nosso amigo Google algumas opções para complementar o que já estava pensando. Mas, não achei nada de interessante! Somente fotos dos aniversariantes com a família, fotos do bolo ou coisas do tipo. Então, tive que quebrar a cachola sozinha, mesmo! Portanto, se eu puder ajudar pelo menos uma pessoa, já estarei feliz!

Tenho pra mim que os aniversários devem ser algo mais do que uma reunião de familiares e amigos (o que já é muito bom), mais do que ganhar um monte de presentes. Deve ser algo memorável, momento em que homenageamos o aniversariante, oramos por ele e mostramos que ele é muito especial. Também deve ter a cara do homenageado em todos os detalhes. Não quero dizer com isso que deve ser um mega evento, mas que com pouco dinheiro, muita criatividade e amor, a gente pode fazer algo inesquecível. No caso de Paulo, deveria ser algo intimista, cercado de requinte artístico, em formato de sarau (pois ele é músico e tem muitos amigos que poderiam tocar e/ou cantar) e que contemplasse também a paixão dele pelos estudos e leitura. Só isso tudo. Afff!!!!

Comecei pensando no tema da festa, pois os convites iriam já informar aos convidados o “clima” do evento. Daí pensei numa árvore no período de outono, cujas folhas caem, mas o tronco está forte, maduro. Depois desse período atribulado vem a bonança. Além do que é período de colheita, tempo de receber a recompensa pelo esforço de plantar, adubar e cuidar da planta até o momento de poder desfrutar do sabor do fruto.

O tema deveria ser azul, pois Samara desde novinha já dizia que cada um de nós tem um coração de cor singular. O meu é vermelho, o dela rosa, o de Paulo azul e assim por diante até colorir todos os corações dos componentes da família, acredite. Então, o convite ficou assim:




Elias Laranjeira, um amigo nosso que desenha muuuuuuito fez a arte do verso do convite, que é Paulo tocando de costas (gente, ficou igualzinho mesmo!).




Dentro do convite, fiz rimas para lembrar um cordel. Pus umas páginas no final em branco para que cada convidado escrevesse algo significativo para o aniversariante e levasse pra festa para ser posto no mural. Ah, o mérito da arte do convite é de André Artes, daqui de Parnamirim.




Depois tive que conversar com a decoradora Kalyana acerca dos detalhes da festa. Deveria ter na entrada um pôster dele e o mural para colocar os recadinhos, um móvel antigo para sustentar o vaso de flores e, claro, iluminação.


Na varanda queria que tivessem suspensas latas (de leite, mesmo!) pintadas de azul, arrodeadas com fita e com florzinhas brancas dentro delas. Mas a decoradora tentou fazer um e disse que não funcionou, então colocou vasos de vidro com água pigmentada com azul anil e flores. Gostei!


Dentro do salão pedi para que ela pusesse armário antigo para colocarmos os livros prediletos de Paulo e os convidados se sentissem à vontade para folheá-los, folhas secas pelo chão (simbolizando o outono) e uma árvore azul no meio do salão - tudo lembrando o tema no convite.






Com a ajuda de Gertrudes, fiz todos os docinhos e cupcakes, pois sairia muito caro encomendá-los. Por isso, durante três meses testamos vários tipos de cupcakes (meus amigos degustadores agradecem!). Sandra Melo, que é casada com o primo de Paulo e é uma exímia doceira nas horas vagas, me ensinou a fazer alguns tipos de docinhos de copo. Também incrementei outros e deu muito certo. Nossa, são muito bons!!! Mas não se preocupem que, aos poucos, Gertrudes vai fazê-los por aqui e ensinar o passo-a-passo, tá? Também fizemos biscoitos para serem servidos com café. Afinal, livros combinam muuuuuuuito com café!

O arranjo das mesas tinham uma xícara com arranjo de flores (que os convidados podiam levar de lembrança da festa) e a velinha com espelho para compor a decoração.




O bolo ficou muito bonito e gostoso. O biscuit descreve algumas das atribuições cotidianas de Paulo. Tive que esconder esse boneco, pois um mês antes já estava pronto e não queria que Paulo visse. Aliás, a festa era para ser surpresa, mas como não tive a capacidade de esconder dele todos os preparativos, acabei entregando o mapa do tesouro. Já o tesouro propriamente dito ele nem desconfiava do que se tratava. Não soube de nenhum detalhe da festa (razão do desespero do meu marido perfeccionista), exceto o fato que ele deveria ensaiar com o grupo da Ópera Rock para apresentar no dia.


As apresentações foram o motivo da minha dor de barriga (é sério!). Fiquei muito preocupada com isso, pois muitos foram convidados a se apresentar, mas na última hora aconteceram imprevistos (sempre acontecem!). De todo modo, tudo fluiu muito suavemente. Primeiramente li um texto falando da relevância daquele momento e da importância de Paulo para mim e Samara. Depois Rubens Cartaxo deu uma sábia palavra a Paulo, falando do momento histórico e associando ao tema da festa. O quarteto da Fundação Parnamirim de Cultura fez uma grande surpresa entrando na festa já tocando (lindo!). Samara fez um solo na música “Canção da América” com acompanhamento do coro Da Capo e regência de Leciana Oliveira. Acreditem, foi tão lindo e emocionante que até os homens choraram.


Depois eu e Regiane Lima (maravilhosa!) fizemos um peça sobre o conto “Viva a Deus e ninguém mais”, compilado por Câmara Cascudo.


A Ópera Rock se apresentou. Foi lindo! Não tenho fotos boas nem filmagem, mas abaixo você terá uma "palhinha" da apresentação que eles fizeram em Sabará/MG em novembro do ano passado, no Movimento Arte em Foco.


Regiane fez a leitura do poema que Acaci fez para Paulo e seus tios Nestor e Nilvan tocaram e cantaram músicas lindas. Foi tudo maravilhoso! Fiquei feliz com o resultado da festa (e Paulo principalmente!). Agradeço a todos que colaboraram para que esse dia fosse mais que especial. Glória a Deus!
Bom, ficam as dicas! Depois mando uns links de ideias para festas infantis também. Beijos a todos.

4 comentários:

Edivam 13 de maio de 2011 23:32  

OW amiga... que lugar aconchegante é esse seu blog. Agente se debruça e lê...vê... e aprende.
amei de paixão e me emocionei com essa festa de Paulo. Que emocionante deve ter sido. Que peculiar. Tudo bem a cara de vcs! Parabéns pra ele por ter vc! bj! vc é show! Evelin Bezerra

Leni 17 de julho de 2011 23:23  

Que lindddo...mto legal a xícara com flores...tbem quero..rs
tudo de mto bom gosto..parabéns!!!
d+
beijokas

Anônimo,  12 de setembro de 2012 22:32  

ADOREI EU ESTOU PESQUISANDO PARA O MEU PARABENS ADOREI

Karla Rocha 17 de fevereiro de 2014 13:41  

ei amei suas ideias, este ano eu e meu marido completamos 30 anos faremos nossa festa juntos...tive muitas ideias semelhantes as suas, adorei alguns detalhes e quero torna-los proximos das minhas ideias....
obrigada

Postar um comentário

Oiê!!! Que bom você ter aparecido. Sente pra tomar um cafezinho e aproveite pra deixar um recadinho pra mim. Gosto muito!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Back to TOP